anemia megaloblástica

0
9361

Eu- DEFINIÇÃO :

  • eu’anemia é a diminuição da taxa de’hemoglobina abaixo de 13g / dl em l’homem, 12g / dl em mulheres e crianças, de 10,5 g / dL em mulheres grávidas, de 11 g / dL em lactentes e 14 g / dL no neonato
  • eu’anemia macrocítica define glóbulos vermelhos « GR » alto, MCV que é maior do que 100FL.
  • eu’anemia megaloblástica é uma anemia macrocítica caracterizada pela presença de’eritroblastos anormalmente grandes na medula óssea, que são chamados de megaloblastos.
  • É na maioria dos casos vinculados a um fatores deficiência antipemicieux (Vit B12 e ácido fólico)
  • Mas também pode ser origem tóxica ou neoplásica.

II- EPIDEMIOLOGIA :

  • na Argélia, antes 1970, A deficiência de ácido fólico foi de longe o mais comum.
  • agora, devido à suplementação com ácido fólico de mulheres grávidas, sua frequência é muito reduzida.
  • por contras, vive deficiência de vitamina B12 é mais frequente, provavelmente relacionado ao’nenhuma prescrição desta vitamina como fortificante. assim, deficiência de vitamina B12 é sobre a vida 3% causas de’anemia em’adulto e, portanto, menos comum do que a deficiência de ferro, avaliadas 40%.

III- FISIOLÓGICA RECALL :

Os factores antipernicieux são representados pela :

-> As vidas B9 ou ácido fólico (ácido fólico e seus derivados) :

  • Intervém na síntese do’DNA e, portanto, na replicação celular..
  • Os folatos são fornecidos exclusivamente pela’alimento na forma de poliglutamatos, presente em muitos alimentos (vegetais verdes, frutos secos e frescos, foie, cereais, gema de ovo) e são destruídas por cozimento prolongado.
  • eu’a absorção digestiva ocorre no jejuno proximal.
  • Necessidades diárias em’adultos são estimados entre 100 e 400qg / d e são em grande parte coberto por uma dieta normal, mas estes requisitos aumentar para mais crescimento e gravidez.
  • As reservas principalmente fígado são baixos (10 para 15 mg) e representar uma gama de 3 para 4 mês.

-> B12 ou cobalamina serra :

  • Intervém na síntese de metionina e na conversão de l’ácido metilmalônico para ácido succínico.
  • O déficit da síntese de l’ADN, observado na deficiência de vitamina B12 n’não é devido a um mecanismo direto, mas parece envolver um bloqueio do metabolismo do folato, c’é a armadilha de folato.
  • A necessidade diária de vitamina B12 vidas são mínimos estimado entre 1 e 2 pg / d e são feitas principalmente por proteínas animais : foie, carnes, peixe, ovos e laticínios.
  • eu’a absorção digestiva ocorre ao nível do’iléon distal, após a fixação do factor intrínseco (secretado pelas células parietais da mucosa gástrica) Essencial para’absorção de vit B12 pelas vilosidades ileais.
  • transporte Plasma é principalmente devido a uma proteína chamada Transcobalamina II.
  • eu’organismo tem d’grandes reservas de vit B12, principalmente no fígado, estimado entre 2 e 3 mg e representante 3 para 4 anos de’autonomia. Isso explica a natureza atrasada de deficiências vive B12.

IV- FISIOPATOLOGIA :

-> fatores de anemia megaloblástica deficiência antipemicieux :

  • A falta de síntese d’O DNA resulta em mitose reduzida, causa de eritroblastos gigantismo, d’onde megaloblastose.
  • Estes megaloblastos ter um desenvolvimento assíncrona de núcleo e citoplasma.
  • Outra consequência é o’hematopoiese ineficaz por hemólise intramedular.
  • A falta de síntese d’O DNA também afeta as células granulares e plaquetárias. ele s’expresso por polissegmentação de PNNs com macrotrombocitose.
  • Há também uma atrofia das células do aparelho digestivo mucosa vaginal e (células trickplay) d’onde distúrbios digestivos e esterilidade reversível.
  • Em células nervosas, vive B12 deficiência provoca a síntese defeituosa de mielina por metionina padrão, para’origem de’esclerose combinada neuropatia da medula espinhal.

-> Anemia megaloblástica d’origem tóxica :

É causada pela ingestão de certos medicamentos antineoplásicos ou imunossupressores que são inibidores competitivos da síntese de l’ADN.

-> Anemia megaloblástica d’origem neoplásica :

É devido a uma anonfalie de células-tronco hematopoiéticas.

V- DIAGNÓSTICO CLÍNICA :

UMA- síndrome anêmica : d’instalação progressiva com

  1. pálido mucocutânea.
  2. icterícia conjuntival.
  3. Dispneia d’esforço.
  4. astenia, até o máximo confinando o paciente para a cama, d’onde o nome d’anemia perniciosa.

B- síndrome digestiva : relacionado ao’atrofia das membranas mucosas digestivas, leads

  1. Atrófica Glossite com a boca seca e queima em contato com alimentos quentes e picantes.
  2. Uma linguagem de’primeiro vermelho e listrado nas bordas, em seguida, liso, brilhante e totalmente depapillated, c’é glossite de Hunter.
  3. distúrbios dispépticos com diarréia terapia de reposição rapidamente regredindo.

C- Síndrome neuro-anêmico : ocorrendo eletivamente na deficiência vidas E12, pode preceder eu’anemia, mas raramente é isolada. Ele envia uma tabela de degeneração combinada da medula com

  1. A síndrome piramidal (sinal de Babinski bilateral, hyperéflexie O-T.)
  2. Um síndrome cordão posterior (cãibras musculares, paresthésie, claudicação intermitente espinal.)

D- outros sinais :

  1. Esterilidade reversível em mulheres e astenospermia em’homem.
  2. pele hiperpigmentação especialmente na região palmar.
  3. moderar esplenomegalia.

WE- DIAGNÓSTICO PARACLINIQUE :

A / Hémogramme : revela

  • anemia (Hb entre 3 et 10g / dl) – macrocytaire (VGM para sup lOOfl) – normochrome (CCMH normal.)
  • Normal ou baixa de reticulócitos.
  • A leucopenia e / ou trombocitopenia frequentemente associada, às vezes pancitopenia.

B / esfregaço de sangue : GR revela discrepâncias com

  • Anisocitose com GR ds grande, poïkilocytose, polychromatophilie.
  • Ela também revela anormalidades PNN que são grandes em tamanho, com um núcleo hipersegmentados, e plaquetas gigantes.

C / Médullogramme : relógio

  • A medula rica, intensamente azul aparecendo (basofilia por aumento da síntese de’ARN)
  • Um aumento na taxa de’eritroblastos e seu tamanho ou megaloblastos.
  • Uma assincronia na maturação nucleo-citoplasmática de megaloblastos onde os núcleos são jovens com cromatina fina e l’hemoglobinização madura.
  • Outros sinais de mitose anormal com dyserythropoiesis, poliploidia e presença corpo Jolly.
  • Um aumento no tamanho do miel�itos e metamielócitos.

D / vitamina Ensaios :

  • útil, mas caro.
  • eles dosent soro folato (Vn = 5 para 15pig / 1) e eritrócitos (Vn = 200-400pg / l)
  • uma queda na taxa de eritrócitos reflete uma depleção significativa e de longa duração, enquanto’uma queda nos níveis séricos reflete um déficit mais recente.
  • Note-se que para a vida B12, Vn = 200 para 500 ng / l

E / Outros ensaios : revelar sinais de’hemólise intramedular com

  • bilirrubina livre soro aumentada.
  • aumento da LDH.

F / testes terapêuticos :

  • Útil quando as dosagens são impossíveis ou ainda não disponível.
  • Eles devem prever diária e 3 dias doses fisiológicas do suspeito vitamina (lpg de vit B12 ou lOOpg d’ácido fólico.).
  • Em caso de dúvida, vimos pela primeira vez B12 para evitar o folato armadilha.
  • em caso de deficiência de vitamina, crise de reticulócitos é obtido entre o 5º eo Décimo dia e disse que o teste é positivo.

VII- DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL :

A definição de l’anemia megaloblástica sendo morfológica, diagnóstico diferencial coloca alguns problemas, contudo, algumas dificuldades deve ser destacado
-> Anemia macrocítica não megaloblástica são observados em :
– anemia regenerativa, secundário a hemorragia maciça ou principalmente hemólise.
– no hipotireoidismo, cirrose hepática, o alcoolismo crônico.
-> Macrocítica anemias medula mégaloblastoïde :
– alguns aplástica, leucemia e síndromes mielodisplásicas agudos

VIII- diagnóstico etiológico :

UMA- ANEMIA MÉGALOBLASTIOUE pela deficiência de folatos :

1- default ingestão de alimentos : ele pode

  • Mais e mais desnutrição.
  • Em L’alcoolismo crônico.
  • Em lactentes quando a dieta exclusiva de leite é mantido demasiado longo.
  • Em alguns hábitos alimentares (falta de vegetais verdes, Prolongada cozinhar sistematicamente.)

2- excesso de’uso : ele pode

  • In-gravidez em multíparas, gravidez gemelar e eu’alimentação.
  • Ao longo e sobre as anemias hemolíticas congénitas principalmente crónicas, crescimento e cancro.

3- má absorção digestiva : ele pode

  • Mais e mais proximal pequena ressecção intestinal.
  • Mais e mais doença celíaca e linfoma.

4- deficiências congénitas : excepcional no metabolismo do folato.

B- ANEMIA MÉGALOBLASTIOUE POR DEFICIÊNCIA VIT B12 :

  1. padrão d’trazer: excepcional, respeitar os vegetarianos estritos.
  2. má absorção digestiva: causa mais comum, pode ser
  • D’origem gástrica: Em caso de
  • Gastrectomie totale, às vezes parcial. deficiência de vitamina B12 ocorre vidas 4 para 5 anos depois do’intervenção.
  • Gastrite atrófica inespecífica.
  • deficiência congénita selectiva de factor intrínseco.
  • anemia perniciosa:

– C’é gastrite atrófica no’origem de’má absorção de vit B12 por secagem da secreção do fator intrínseco.
– Afeta principalmente mulheres com mais de 40 anos e Branco.
– II s’age de’uma condição autoimune causada pela produção de’fator anti-intrínseco e autoanticorpos anti-células parietais gástricas.
– É frequentemente associado a d’outras condições autoimunes, incluindo vitiligo, distúrbios da tiróide e a diabetes (Basedow, tireoidite d’Hashimoto et myxoedème.)
– A atrofia irreversível gastroscopia objetivo da mucosa gástrica.
– Os programas de tubo gástrico achylie com achlorhydric resistente a secretagogos, incluindo pentagastrina com a falta de fator intrínseco no suco gástrico.
– O tratamento é vitalício e a possibilidade de’câncer durante o’evolução requer monitoramento endoscópico a cada 2 anos.

  • Na origem intestinal: Em caso de
  • A ressecção cirúrgica da pequena distal.
  • Doença de Crohn, linfomas intestinais.
  • Síndrome’Imerslund ou má absorção seletiva congênita devido à anormalidade do receptor ileal para vitB12.
  • Déficits congênitos que afetam o transporte ou’uso, incluindo o défice Transcobalamina II.

C- ANEMIA MEGALOBLASTIOSA D’ORIGEM DA DROGA :

quando tomado

  • medicamentos citotóxicos: que são inibidores competitivos da stese de idos nucleicos (Ex: Purinethol, azotioprina, Hydrea.)
  • drogas antifolato (Ex: metotrexato, trimethoprim, etc.)
  • DAE: causa má absorção de folato (Ex: Hydantoïne, Gardenal.)
  • medicamentos contra a tuberculose: Causa deficiência de folato.
  • outro: colchicina, neomicina, Metformina que inibe’absorção de vit B12.

D- ANEMIA MEGALOBLASTIOSA D’ORIGEM NEOPLÁSICA :

  • S’visto durante anemias refratárias que são comumente macrocíticas e megaloblásticas.
  • freqüentemente, o diagnóstico f—’é mencionado que na frente do’ineficiência’terapia com vitaminas.
  • Ele pode ser confirmada por olhando sideroblastos em anel Péris após coloração esfregaço da medula espinal e / ou um excesso de mieloblastos.

IX- TRATAMENTO :

UMA) Mas :

  • Correto l’anemia e outras anormalidades do sangue.
  • Restaurar as reservas de vitaminas.
  • Trate l’condição causal.

B) meios :

– terapia de reposição:

• Ácido Fólico (Foldine *) 5mg Cp.

  • ácido folínico (Lederfoline *) em Amp 50 mg IM ou IV.
  • vitamina B12 (Hydroxocobalamine * OU Cyanocobalamine *) en Amp 1000 gg IM

– tratamento sintomático :

  • Transfusão de sangue em caso de’anemia mal tolerada.

C) indicações :

  • Em caso de deficiência nutricional ou’aumento da necessidade de folato : Foldine, 3 cp / dia durante 2 mês.
  • se’anemia hemolítica congênita : O tratamento final, descontinuamente, se 2 Cp lj / 2
  • Em caso de má absorção digestiva ou’uso de folato : Lederfoline, 5 3times 10mg / semana.
  • Em caso de anemia perniciosa :

– Tratamento de’ataque com 1000 gg vive B12 / dia para 1 Oj.
– Tratamento de’entrevista com 1 Amp vive B12 IM a cada mês, vida.
– Qualquer descontinuação do tratamento causa uma recaída do’anemia e eu’agravamento de distúrbios neurológicos.
– A gastroscopia deve ser feito a cada 2 anos devido ao risco de câncer.

  • En cas de totale gastrectomie, O tratamento é a mesma como a anemia perniciosa quando.

X- CONCLUSÃO :

  • Os anemia megaloblástica são na maioria dos casos devido a uma deficiência de fatores antipericieux
  • A deficiência de ácido fólico ocorre na gravidez e pós-parto,
  • que as vidas B12 é devido à má absorção que deve investigar a causa.
1. SANGUE SMEAR : Polinuclear hiper segmentada, policromatofilia net, anisocytose, poikylocytose, plaquetas gigantes. 2. MYELOGRAMME : Megaloblastos com maturação nucleocitoplasmático assincronia,miel�itos e metamielócitos grande.

Curso do Dr. D. Lamara – Faculdade de Constantino