interacções medicamentosas Fase farmacocinético

0
5342

EU/- Interações medicamentosas :

DEFINIÇÃO :

As interacções medicamentosas são modificações do farmacocinético farmacodinâmica e / ou clinicamente significativa

observada in vivo, efeitos esperados de uma droga, quando co-administrada com outra droga, comida, álcool ou tabaco. Estas interacções podem ser benéfico ou prejudicial.

clinicamente significativa, se intesité e / ou duração de variações farmacológicas que provoca :

  • São suficientes para alterar a relação benefício / risco para o paciente.
  • Requerem dosagem ajustamento.

Procurou o INTERAÇÕES :

  • Aumentar o risco / benefício (combinação das duas drogas, com a minha mesma indicação terapêutica e os vários efeitos secundários.
  • Antagonizar um efeito tóxico : antídoto.
  • Diminuir o custo de tratamento.
  • frequência diminuição tomada.

TIPO D'Interações MEDICAMENTEUSES :

1/- interacção farmacêutica : interacção físico-química entre os dois ingredientes activos ou entre um AP e um excipiente, observada nas soluções misturar na mesma seringa.

2/- interacção farmacocinética : Uma droga irá afectar a farmacocinética de uma outra droga resultante em uma variação dos níveis sanguíneos de droga.

3/- pharmacodynamique interação : Uma droga irá alterar a farmacodinica de uma outra droga, sem alterar a concentração no plasma do primeiro medicamento.

CONSEQUÊNCIAS DA interação medicamentosa :

sinergia : a soma dos efeitos de ambos os fármacos é igual para os efeitos de ambos os fármacos tomados isoladamente.

potenciação : a soma dos efeitos dos dois fármacos é maior do que a adição simples.

L & rsquo; antagonismo : l & rsquo; & efeito rsquo; um fármaco é reduzida ou eliminada durante a & rsquo; administração do segundo medicamento.

II /- DROGA interacções farmacocinéticas FASE :

1/- definiton :

Alterando a resposta farmacológica causada por uma alteração no plasma de uma das duas concentrações de droga.

Ocorrer em todas as fases do destino do medicamento no organismo :

  • Absorção
  • Distribuição
  • metabolismo
  • eliminação

2/- Interações durante a fase de entrada :

São observados durante o uso da via oral. Eles podem conduzir a uma variação na taxa de absorção e ou a quantidade absorvida a partir do qual a biodisponibilidade alterada

2.1/- Mecanismos de modificar a absorção de uma droga por outra :

2.1.1/- Mudança na forma difusível da droga : Os mecanismos são especialmente susceptíveis físico.

2.1.1.1/- Variação da ionização de uma droga, alterando o pH gastro intestinal :

Um medicamento que provoca um aumento do pH gástrico pode reduzir a absorção de fármacos ácidos fracos.

↑??→ ↓??????????→ ↓???????????????é→ ↓????→??é????????é ??é??????????

Exp : antiúlcera (omeprazol), ácido antisecretaoire (ranitidina).

2.1.1.2/- Criando um gastrointestinal barreira física :

pensos digestivos representam uma barreira física real que reveste o lúmen gástrico e parte do duodeno, impedindo a absorção do fármaco associado. Exp : (hidróxido de alumínio).

↓??????????→ ↓???????????????é→??é????????é ??é??????????

observação : Observar um período de duas horas entre a ingestão de um penso gástrico e outra forma oral.

2.1.1.3/- Solubilizar um composto difusível em um líquido não-absorvível :

Associação de drogas solúveis em gordura (vit Adek) com óleo mineral utilizado como um laxante diminui a absorção

2.1.1.4/- complexante não resolvido :

  • compostos tetraciclinas e os sais de cálcio ou de ferro forma não reabsorvido insolúveis.
  • As fluoroquinolonas e Sels cálcio.
  • sais de cálcio e ferro.

observação : Sempre respeitar um período de duas horas.

2.1.2/- Alterar o trânsito gastrointestinal – intestinal :

2.1.2.1/- esvaziamento gástrico :

Uma droga que acelera o esvaziamento gástrico, como a metoclopramida antiemético tal aumento do tempo de contacto da droga com a mucosa intestinal aumentada de absorção associada drogas.

↑??????????→ ↑???????????????é→ ?????? ?? ???????é

2.1.2.2/-peristaltismo intestinal :

  • Uma droga retarda o trânsito intestinal como antis diarreica como loperamida aumenta o tempo de contacto do fármaco com a mucosa intestinal, aumentando a absorção associada drogas.
  • Drogas que aceleram o trânsito intestinal como laxantes reduzir a absorção do outro fármaco particular tem essas retarda entéricos.

3/- Interações durante a distribuição STAGE :

↑ ????? ????? → ↑ ???????é

↓ ????? ????? → ↓ ???????é

droga risco
anticoagulantes orais + aspirina hemorragia
anticoagulantes orais + miconazol hemorragia

 

exemplo proteína afinidade Sites Saturação
ácidos fracos :

AVK

AINS

sulfamidas

fibratos

albumina alto + possível
bases fracas :

B bloqueadores Antidepressivos

α-1 ac Glycoprot

Lipoprotéine

gammaglobuline

baixo +++ improvável

4/- Interações durante a fase do metabolismo :

  • desintoxicação de drogas :
  • fonte Principale d'interação.
  • alta variabilidade.
  • Induzida e / ou inibida !
efeito molécula mãe metabólito
Indução efeito diminuiu efeito aumentado
Inibição efeito aumentado efeito diminuiu

citocromo P540 :

  • Superfamille d'isoenzimas.
  • Localizado no fígado +++, mas também noutros tecidos (rédea, cérebro, linfócitos… ).
  • metabolismo oxidativo (produtos farmacêuticos, xenobióticos, produtos endógenos (ácidos gordos, prostaglandinas, esteróides)).
  • CYP1A2, 2C9, 2C19, 2D6, 3A4.
    + Inibição = competição na enzima,
    + Indução = estimula a síntese da enzima.

4.1/- inibição da enzima :


principais inibidores :

classe moléculas envolvidas
anti-infecciosos fúngica : cetoconazol, fluconazol ;

anti-retrovirais : delavirdina ; inibidores de protease : ritonavir, nelfinavir ;

quinolonas 2 geração ; cloranfenicol ;

isoniazida ;

metronidazol ;

macrolídeos (exceto espiramicina).

antidepressivos fluoxetina, fluvoxamina, paroxetina.
diversos cimétidine, bloqueadores dos canais de cálcio

(diltiazem, verapamil, nicardipina).

alimentos suco de toranja.

4.2/- indução enzimática :


indutores de enzimas-chave :

classe moléculas envolvidas
anti-infecciosos rifampicina, rifabutina ; antivirais ; antiproteases ; fúngica : griséafulvine.
anticonvulsivantes carbamazepina, fenobarbital, fenitoína.
diversos corticosteróides, modafinil, bupropiona
fitoterapia Wort
outro tabaco, álcool

5/- Interações durante a etapa de ELIMINAÇÃO :

L & rsquo; excreção hepática pode ser retardado por diminuição do fluxo sanguíneo na circulação portal-adega (Os beta-bloqueadores ; anti-H2, omeprazol).

 

mecanismo : Eliminação :

1/- filtração glomerular :

Modificação de protea de ligao

Movendo o equilíbrio livre obrigado

Aumento fracção activa tóxica

depuração renal aumentaram

2/- reabsorção tubular :

Curso do Dr. A. Ayadi – Faculdade de Constantino