Medicamentos e Gravidez

0
4334

Eu- INTRODUÇÃO :

Exposição de uma gravidez a agentes exógenos levanta sérias preocupações partilhadas pelo público em geral eo corpo ouro médica, durante a gravidez terapia conhecida ou comprovada pode ser necessário ou essencial para o equilíbrio da mãe por isso que é imperativo avaliar as proporções de benefícios esperados com risco conhecido ou potencial para o feto com base na idade gestacional no tratamento.

II- Alterações farmacocinéticas DURANTE A GRAVIDEZ :

As mulheres grávidas e recém-nascidos estão garantidos futuro fisiologicamente e metabolicamente. de fato, a placenta não é uma barreira, e durante a gravidez o corpo da mãe sofre grandes mudanças :

  • Alteração na absorção diminuída -intestinales motilidade gastrintestinal, com o aumento da função pulmonar e a circulação cutânea.
  • Alterar a distribuição da droga : aumento do volume plasmático e proteína diminuída.
  • a excreção de drogas aumentada pelo aumento de filtração glomerular.

III- RISCOS DE DROGAS PENDANTS GRAVIDEZ :

– O risco fetal :

  • anomalias congênitas 1 para 2%
  • fetotoxicidade
  • O risco carcinogénico

– O risco materno : não tratar a mulher durante a gravidez pode ser a causa de complicações maternas e memefoeto- berçário.

UMA- RISCO durante o primeiro trimestre :

  • O período de desenvolvimento inicial (1 para 2 semana após a concepção) ou période du «tout ou rien» où lexposition à un toxique est suivie par une réparation complète ou dune lyse de l’ovo.
  • o organogènèse : de 3 para 8 ª semana pós concepção : o período sensível para embryopathiesmajeures.

B- RISCO durante o segundo trimestre :

Riscos no crescimento fetal, deformação, indução tumoral, desenvolvimento do SNC (Teratológicos distúrbios comportamentais ou psicomotor)

C- RISCO DURANTE O TERCEIRO TRIMESTRE :

  1. Impacto sobre a adaptação ao nascer : complicações neonatais. cardiovascular, respiratório, metabólico, ….
  2. homeostase do SNC : síndrome de abstinência
  3. parto : obstéticales complicações

IV- Condução para tomar durante a gravidez :

  • Confirmados da indicação terapêutica.
  • avaliar a relação benefício / risco fetal e materna.
  • descartar contra- indicação indivíduo.
  • escolher o medicamento mais seguro.
  • Prescrever a dose eficaz mais baixa para o período mais curto.
  • A droga teratogénico definitiva : derivados de cumarina, retinóides, antithyroidiens,hormonas, tétracyclines.ergotamines, ….
  • Os medicamentos para problemas neonatais : câncer, antidiabético, diuréticos e inibidores de ACE, AINS, psicotrópica,…

Curso do Dr. A. ABES – Faculdade de Constantino