pênis

0
11424

O pénis é o órgão de copulação e urinação em homens. Ele está ligado ao sínfise púbica, pendente nos prêmios para o estado ocioso. É composto de formações de ereção cercado por um envelope de pele comum, a bainha do pénis.

DIMENSÕES : em média (+++), de acordo com o flácida ou erecta,

  • em repouso, tem um comprimento de 10 para 12 cm e a circunferência 8 para 9 cm.
  • ereto, o comprimento passe 16 para 18 cm e sua circunferência foi 12 cm.

1) ÓRGÃOS eréteis :

2 cavernosa e 1 corpo esponjoso formado por tecido areolar quais, Quando o & rsquo; ele se enche de sangue, faz com que o & rsquo; erecção.

2 cavernosa :

  • lateral, pares e simétricos
  • volta alisado contra os ramos ISCHIO,
  • cobertas pelos músculos eretores que prendem a,
  • d & rsquo; primeiro separada em origem, eles se juntam para formar uma calha ventral onde o corpo esponjoso está alojado

1 corpo esponjoso :

  • mediano
  • tendo na sua parte traseira uma parte abaulada clavate, a lâmpada
  • rodeado por seu músculo originais bulbo muscular strap- esponjoso
  • embainhar e o & rsquo; uretra anterior
  • terminando formando a glande


  • A bolota é separada do corpo do pénis por uma ranhura, o sulco coronal ou balanoprepucial que formas, todo a glande, uma calha interrompida na porção média da face inferior por uma dobra de pele, freio. O sulco coronal contém glândulas sebáceas, cuja secreção é esmegma lata s & rsquo; acumular-se na ranhura balanoprepucial (a falta de & rsquo; higiene, aderências pré-matrimoniais). Os envelopes do pênis formam uma dobra cilíndrica ao redor da glande, o prepúcio, que tem manga em torno da glande (c & rsquo; é ao prepúcio é cortado totalmente a d & rsquo; uma circuncisão.
vista dorsal

2) O ENVELOPE DO PÊNIS :

  • uma densa túnica albugínea circundante cada um dos corpos erécteis
  • fáscia do pênis que envolve um grande espaço celular, o que explica as possibilidades de “escorregar” bainha em formações eréteis.
  • dartos
  • pele ou bainha do pénis.

3) vascularização :

1- artérias :

  • profundo, Todos provenant de & rsquo; Femoral Pudendal (vergonhoso) interno, ramo da & rsquo; ilíaca interna dando as artérias cavernosas, l & rsquo; femoral bulbo-uretral, artérias penianas dorsais.
  • superficial, provenant de & rsquo; Femoral Pudendal (vergonhoso) externo, ramo da artéria femoral, para a bainha do pénis

2- veias :

  • a veia dorsal profunda do pênis, drena formação ereção, então fluir para o lado pré plexo e bexiga finalmente nas veias ilíacas
  • o superficial dorsal veia do pênis, para a bainha, vai escorrer para a veia safena magna.

3- linfático :

gânglios inguinais e ilíaca externa

4- nervos :

  • a partir do sistema simpático, c & rsquo; ou seja plexo hipogástrico, essencialmente acompanha & rsquo; artéria cavernosa. C & rsquo; é-lhes que tornam possível a & rsquo; ereção.
  • o sistema nervoso central : estes são ramos do nervo pudendo interno, a partir do plexo sacro

4) MALFORMAÇÕES :

  • hipospádia

– anterior (balanique ou coronal)
– meios
– mais tarde (vulviforme) +++ (ambiguidade sexual)

  • epispadias
  • fimose : plastia ou circuncisão
  • Aderências balano-prepúcio: esmegma
  • Falta de haste de freio : ulcerativa dolorosa e ruptura durante a primeira relação.
lado vista

Curso do Dr. Dous Said – Faculdade de Constantino