Neuron Fisiologia

0
9179

Eu- INTRODUÇÃO :

Neurônios têm duas propriedades fundamentalmente ligada : eu’excitabilité et la conduction qui leur permettent de recevoir, de propager et de transmettre des informations sous forme dinflux nerveux.

II- axonal TRANSPORTE :

vários tipos
– Transporte anterógrado rápido (100-400mm / j):proteínas da membrana renouvollement do axónio, enzimas sintéticas e precursores NT NM -Transporte anterógrada lento (0.1-2mm / j):Renovação do citoesqueleto, apporte laxoplasme des axones en croissance.
– mitocôndrias de transporte :
Renouvellement des mitochondries de laxone et des terminaisons 10-40mm/j
– transporte axonal retrógrado : rôle délimination des déchets. 150-200mm / j

III- RESTO POTENCIAL (PR) :

UMA- destacando :

Característico de todas as células vivas, sa valeur est variable d’une cellule à lautre.Les propriétés électriques qui découlent de cette ddp sont à l’origine du fonctionnement des neurones.

Figura 1. potencial de membrana antes e após a penetração do microeletrodos no neurônio.

B- origem :

1- fenômenos passivos :

uma- Diferenças concentrações iónicas :

em repouso, il existe une inégalité de répartition des ions de part et dautre de la membrane (mesa). La séparation de charge qui en résulte est à l’origem de’un mouvement passif d’ions à travers des « canaux de fuite » sélectifs à chaque espèce ionique.Ces mouvements passifs s’effectuent selon deux gradients :

– Um gradiente de concentração (osmótico).

– Um gradiente eléctrico devido à ddp (vm) descansar.

ÍON INTRACELULAR

milímetros

extracelular

milímetros

POTENCIAL

BALANCE

K + 400 20 -75
nd + 50 404 +55
Cl- 52 560 -60
UMA- 385

concentrações de iões : (exemplo do axónio lula gigante)

b- equilíbrio potencial : Esta equação de Nernst equação para calcular o potencial de equilíbrio de um ião (ele íon) c’est-à-dire le potentiel de membrane pour lequel cet ion est en équilibre vis-à-vis des forces électrochimiques. Ex = R.T. / ZF.Ln Xe / Xi

c-membrana de permeabilidade :

na realidade, a membrana é permeável a iões e vários fluxos iónicos são uma função não somente das forças electroquímicos (Em-Eion) mas também permeabilidades ou condutâncias de "g" respectivo, por conseguinte, a equação Goldman.

Goldman Equação

2- fenômenos ativos :

Para assegurar a estabilidade das concentrações iónicas requer a intervenção de um processo de transporte activo no sentido inverso (contra gradientes electroquímicos) : Ele é o Na + bombear-k + ATP ase.

Figura. eu’afflux de sodium est bloqué par un inhibiteur de la synthèse de l’ATP. Si de lATP est injecté directement dans laxone géant, eu’afflux reprend transitoirement, então s’arrête dès que lATP injecté est épuisé. L’intensité de la reprise de lafflux est proportionnelle à la dose dATP injectée.

– operação : diagrama

Figura. O ciclo da bomba de Na / K. Sob a sua forma E1, eu’ATPase a une forte affinité pouf le Na+ Son site de fixation étant ouvert vers lintérieur de la cellule, ele define três íons Na- intracellulaires et hydrolyse une molécule dATP dont elle fixe le phosphate inorganique (P). Esta ligação altera o Site conformação, quem é’ouvre vers l’lado de fora ; juntos. eu’enryme perd son affinité pour le Na- que é libertada para o meio extracelular. Ela adquire uma elevada afinidade para K + íons e dois fixos. é instável, Em seguida, ele retoma sua forma El, en même temps quelle libère le K* et son phosphate inorganique dans le compartiment intracellulaire.

As variações locais no potencial da membrana ocorrer em duas formas :

IV- EFEITO DA subliminar ESTÍMULO : POTENCIAL LOCAL (eletrotônicos)

– modelo eléctrico equivalente da membrana :

Figura. circuit électrique équivalent de la membrane du neurone avec les courants , potássio (K) e de sódio (Na).

Estes fenómenos são locais devido às propriedades físicas passiva da membrana.

A bicamada lipídica de isolamento é o equivalente de um condensador ( Cm) ; as proteínas condutoras oferecem resistência Rm para a corrente Im que passa através da membrana.

A membrana pode, por conseguinte, ser comparado com a justaposição de circuitos elementares ligados por resistências série (RL) o meio intracelular.

Nós definimos duas constantes :
– resposta local : constante de tempo. É uma função dos valores de Cm e Rm.

constante de tempo

– disseminação de resposta : constante d’espaço, é uma função dos valores RL

V- EFEITO DE ESTÍMULO suprathreshold : ESPALHA O POTENCIAL PARA AÇÃO (PA) :

Este é o modo de comunicação do sistema nervoso em longas distâncias.

– especificações : há várias fases :

– despolarização rápida e abrupta com inversão de Vm (de -70 para +30) e o início de uma repolarização rápida, a sua duração é 0,5 para 1 m seg e corresponde ao período refractário absoluto (PRA).

– repolarização mais lento : Corresponde ao período refractário relativa (PRR)

– A despolarização pós

– A hiperpolarização pós


– O potencial de acção resulta de um aumento súbito em Na + g com influxo maciço de Na + e inverter Vm.

– Repolarização é devido à inactivação de canais de Na + VD e especialmente de activação "retardada" canais de K + VD.

– O retorno ao saldo restante é fornecido pela bomba de Na + K + ATP ase.

– bases iónicos do potencial de ação :

– No momento do pico Vm tende a E de Na +, de fato :

– Se você bloquear Na + canais de tensão dependente por tetrodotoxina (TTX) : a célula é inexcitable apesar de um PR normais.

– A técnica de "tensão" braçadeira mostra judiciais que a ponta, para g = 1 + K, GNA + = 20

WE- -condução nervosa : duas situações :

– fibras amielínicos :

A despolarização da membrana induzida "correntes" locais que despolarizar regiões vizinhas onde a abertura de canais de Na + VD e formando um potencial de acção remota.

– mielinizadas :

saltatoire condução

O potencial de acção formada nos primeiros movimentos de nó para o segundo devido à presença da bainha de mielina (isolante) : é condução saltatória .

Cours du Dr R. riri – Faculdade de Constantino