útero

0
12726

Eu- INTRODUÇÃO :

O útero é um membro oco, e contrátil do músculo, cuja função essencial vem em um momento de gestação durante o qual as suas mudanças são muito importantes ; na verdade, ele recebe o óvulo fertilizado, serve para apoio Foster durante a gravidez, e contribui suas contrações o termo expulsão.

II- anatomia Descritiva :

1- SITUAÇÃO :

Este é um órgão estranho e mediana, ele está localizado na parte central da pelve, entre a frente da bexiga, reto de volta, vagina e períneo para baixo, a cavidade abdominal no topo.

2- EXTERNO MORFOLOGIA :

Ele pode ser visualizado por laparoscopia

uma- configuração externa :

Ele tem a forma de um cone truncado tem top, achatada e para trás, Tendo em três peças :

  • o corpo : inclui

– Um rosto bexiga (anteroinferior)
– rosto intestinal (póstero)
– Duas arestas laterais espuma de espessura
– Uma aresta superior : o fundo
– Dois cantos laterais : os cornos uterinos ou tubos de unir ou de falópio e encaixar os ligamentos redondos e ligamentos ovarianos adequados.

  • pescoço : mais estreito, pouco pré cilíndrica, ele dá fixação para a vagina, que a divide em três porções : sus-vaginale, vaginal e sub-vaginal.

A vagina é inserido na porção de vaginal em um plano oblíquo para a frente e para baixo.

porção intra-vaginal é mais longo do que para trás em frente, ele é acessível ao toque vaginal e visível pelo espéculo, Tem a forma de um cone truncado perfurado, tendo o vértice de um orifício : o orifício externo que dá acesso à cavidade uterina.

  • o Istmo : está localizado na junção entre o corpo e o gargalo, torna-se o segmento inferior durante a gravidez.

b- Orientação :

  • O ponto de junção dos eixos do pescoço e o corpo é muito fixa e corresponde ao centro da pelve.
  • anteversão : de todo o eixo uterino formas com o eixo da vagina em um ângulo aberto e antes baixo.
  • o anteflexion : o eixo de formas do corpo uterino com o eixo do ângulo de uma cervical 120 graus, abrem para baixo e para a frente
  • O útero é antevertido, antéfléchi.

c- dimensões :

  • em nulíparas : comprimento : 6 – 7 cm, largura : 3 – 5cm, espessura : 2 – 3 cm.
  • Em multíparas o tamanho do corpo aumenta.

d- configuração interna :

  • Ele pode ser estudado por histeroscopia e histeroscopia
  • Este é um elemento oco tem a cavidade virtuais, mais ou menos achatada e para trás e tendo um regulador de pressão correspondente ao istmo.
  • A cavidade do corpo é um vértice triangular inferior. ângulos bi-laterais abrir os orifícios das trompas de Falópio.
  • O canal cervical é fusiforme, relacionando uterinos e vaginais cavidades, ele tem em suas paredes dobras : alado dobras (árvore da vida).

e- Estrutura :

A parede uterina, compreende espessas e resistentes três túnicas

  • seroso : peritônio.
  • o muscular : com três camadas : interna fina, média muito espessa e ricamente vascularizado, externa fina.
  • a mucosa :

– Tipo glandular no corpo que constitui o endométrio com duas camadas : superfície basal e : modificadora camada funcional durante o ciclo menstrual.
– No seu ponto mais estreito tem duas áreas :
* em endocervical (canal cervical) ele retém uma estrutura glandular.
* na ectocérvice, segmento intravaginal do pescoço tem a mesma estrutura como a mucosa vaginal (epitélio escamoso).

f- veículos fixidez :

Três ligamentos segurar o útero no lugar

  • Os ligamentos largos : estas são duas lâminas peritoneal (folha dupla) transversal à tracção útero tem a parede lateral da pelve, eles contêm as embarcações destinadas ao útero e do ovário e a maioria dos apêndices genitais. Além disso os seus apoios de base de um tecido denso fibromuscular : o parâmetro.
  • Os ligamentos redondos : nascido do borda anterior dos cornos uterinos, cabeça para a frente e lateralmente, através do canal inguinal e termina no tecido celular dos lábios.
  • Os ligamentos uterossacros : nascido para a superfície posterior do istmo do útero e terminar sobre a superfície anterior do sacro. A pressão dos órgãos abdominais. O pescoço é fixo em relação ao corpo uterino, que é móvel, ele é mantido estacionário pela :
  • configurações : localizados em cada lado da parte de cima-vaginal, constituída por um tecido denso fibro-celular, contendo fibras musculares lisas.
  • vagina : inserido no gargalo na oblíqua para baixo e para a frente do plano, o colar é assim baseado na parede posterior da vagina.

III- RELATÓRIOS :

1- PARTE SUS-vaginale :

relatórios peritoneal :

A parte de cima-vaginal é parcialmente coberta com revestimento peritoneu :

  • o fundo.
  • toda a superfície posterior.
  • a parte superior da face frontal, o peritônio é o reflexo de frente para o istmo.
  • As camadas peritoneais continuará :

– Lateralmente na direcção da parede lateral pélvica constituindo os ligamentos largos.
– Para a frente com peritônio bexiga desenho saco vesicouterino ass.
– Voltar com o peritoneo que reveste a parte dianteira da vagina antes de ser reflectida na parte da frente do desenho recto burro saco duplo-genital (de DOUGLAS).

Relatórios através do peritônio :

– lateralmente :
– os ligamentos largos.
– configurações : entrega de passagem :
* a uretra.
* artéria uterina intersecta a uretra para a frente pela.
* artéria vaginal atravessando a uretra por trás.
* veias e linfática.
– para a frente : bexiga.
– de volta : ampola rectal.

2- Porção intra-vaginal :

  • lateralmente :

– a parte inferior dos parâmetros.
– a lâmina inviolável duplo genito-púbica.

  • para a frente : tem a face posterior da bexiga através do septo vesico-vaginal.
  • Voltar para a frente do reto através do cul recto-genital de sac no topo e rectovaginal baixo septo.

WE- Vascularização e inervação :

1- A ARTÉRIA :

  • A artéria uterina : nasce do tronco anterior da artéria ilíaca interna, longo 15 cm e tem três segmentos, retro, sub e intra-ligamento (ligamento grande ). Termina no ângulo superior do lado do útero por divisão em três ramos terminais :

– fundal ramo recorrente
– Rameau tubária (artéria medial tubária)
– rameau ovário (artéria ovário medial)

No seu curso da artéria uterina fornece a seguinte garantia
* Rameau para o ligamento largo
* Rameau ureteral
* 5 uma 6 bexiga e genitais ramos
* A artéria cérvico
* 5 para 6 ramos para o colo do útero
* 8 para 10 ramos para o corpo uterino

  • A artéria do ovário : que surge a partir da aorta abdominal de altura L2, termina no fim do ovário superolateral dando dois ramos :
  • que anastomose da artéria ovarianos laterais com o ramo medial do ovário da artéria uterina
  • tubária lado que anastomosa com a artéria tubária medial ramo da artéria uterina
  • A artéria do ligamento redondo : ramo da artéria epigástrica inferior

2- VEIA : artérias satélite

3- linfático :

São formados por quatro redes originais :
– mucoso
– muscular
– subseroso
– seroso

Eles drenam para dois sistemas de drenagem :
→ de rede Superior particularmente a drenagem do corpo, com três pedículo :
– pedículo ovário :
linfonodos lombar esquerdo e pré-lateral da aorta
gânglios linfáticos lombar direita e pré látero-caves
– pedículo ilíaca externa
– pedículo anterior, satélite ligamento redondo, levando a superficial inguinal nós

→ menos de Rede particularmente a drenagem do colo do útero e do istmo, com três pedículo :
– ilíaca externa
– ilíaca interna
– anteroposterior :seguindo o útero-sacral, extremidades nos nódulos linfáticos sagrados

4- Os nervos :

A partir do plexo hipogástrico inferior e é de dois pedículos
istmo → Pedicle Neck
→ ligamento suspensor pedicular corpóreo do’visão posterior do ovário

vista posterior

Curso do Dr. Dous – Faculdade de Constantino